Notícias do Front Baixacultural (8)

ww2110

(Excepcionalmente com uma semana de atraso, devido às folgas que se fazem cada vez mais necessárias em finais de ano).

.

O deputado pirata (Super Interessante, 12/2006)

Sim, essa é bem antiga, mas é algo que fazia tempo que procurava: a entrevista publicada pela Super com Rick Falkvinge, o sueco fundador do Partido Pirata, qjue tem como principal bandeira de campanha a liberação dos donwloads na rede. Em 2006, eles conseguiram34 918 votos, 0 que seria suficiente para assumir uma cadeira no parlamento sueco se não fosse a cláusula de barreira adotada no país, que impede a presença de partidos nanicos no Parlamento. Neste ano, eles voltaram: inscreveram 20 candidatos para a eleição do Parlamento Europeu, que vai acontecer em junho de 2009.

.

Los Enemigos del copyright ( El País, 17/12)

Boa matéria do jornal espanhol falando sobre Joost Smiers e seu novo livro,  Um Mundo sin Copyright, que paradoxalmente não é disponibilizado em Copyleft ou CC (culpa da editora, dizem). Smiers, que é professor da Research Group Arts & Economics da Utrecht School of the Arts, na Holanda, defende que o copyright é anti-democrático, porque só beneficia as grandes corporações: “Estoy a favor del mercado, pero estos grandes conglomerados de la industria cultural lo que hacen es manipularlo con su maquinaria de marketing. Nos convierten en consumidores pasivos. Creo que nadie tiene derecho a decirnos qué película tenemos que ver o qué libro debemos leer. Y eso es lo que hacen con su publicidad“.

.

A Cauda Longa afinal é bastante curta (Remixtures, 26/12)

Todo mundo ouviu falar (e adorou saber) da tal Teoria da Cauda Longa, apresentada pelo editor da revista Wired Chris Anderson, que dizia: “O futuro do negócio dos conteúdos online está em vender menos cópias de um maior número de diferentes items“. Mas como diz o Remixtures, “esta visão optimista da produção e distribuição de conteúdos tem vindo a ser arrasada com uma série de dados empíricos”. Nesse post, o blog português mostra duas dessas pesquisas que põe em dúvida a veracidade da tal Cauda Longa.

.

The Comics Are Felling the Pain of Print (NY Times, 26/12)

O NY Times traz matéria com um viés interessante: como alguns cartunistas começaram a aparecer mais (e lucrar mais) com a disponibilização gratuita de seus cartoons na rede. Vale a leitura, principalmente para quem se interessa sobre o mundo novo que a rede está abrindo aos cartoons & HQs.

.

Internet toma lugar dos jornais como 2º fonte de notícias dos EUA, diz Pew (IDG Now, 26/12)

Um estudo recente da Pew Research Center for the People & the Press diz que a internet já é a segunda fonte de informaçãoes dos norte-americanos – 40%, contra 35% dos jornais, perdendo só para a TV, com 70%. Claro que no Brasil ainda não se tem um número tão alto, mas quem se arrisca a dizer em quanto tempo números próximos a estes vão valer também por aqui?

.

[Leonardo Foletto.]

Crédito foto: World War II Photos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *