Extinção da Internet (2023)

Será que uma outra internet — uma mais próxima à que acreditávamos nos anos 2000, descentralizada, menos vigilante, mais das pessoas do que de empresas e robôs — ainda é possível?

Extinção da Internet”, de Geert Lovink, é um esforço para tentar responder a esta pergunta. Geert convoca os leitores a examinar o status atual da internet para se pensar, criativamente, em alternativas bifurcativas. Para isso, usa memes, cita fóruns da internet, ativistas conhecidos e chama um time de pensadores que estão, quase todos, se
debruçando hoje sobre a relação do capitalismo neoliberal com a tecnologia digital: há Bernard Stiegler, Franco “Bifo” Berardi, Tiziana Terranova, Donatella Della Ratta, Yuk Hui, mas também Mark Fisher, Jaques Derrida, Bertold Brecht e Walter Benjamin. De Stiegler, vem uma máxima que percorre as intenções deste livro: “colocar os automatismos a serviço de uma desautomização negantrópica”. De Benjamin, um convite à uma tarefa de hoje: “escovar a história a contrapelo”.

Geert faz, diversas vezes neste livro, perguntas para nos tirar de uma posição exclusivamente niilista e nos chamar à ação. Como por exemplo: “Como transformar descontentamento e contra-hegemonia em uma verdadeira transição de poder nesta era da plataforma tardia? O que pode ocupar o vazio em nossos cérebros desfragmentados depois que a internet desocupar a cena? Em que pode consistir a vida depois que nossas mentes frágeis não forem mais atacadas pelos efeitos entorpecentes e deprimentes de descer a barra de rolagem da desgraça (doomscrolling)?”

 

SOBRE O AUTOR
Professor da Universidade de Amsterdam de Ciências Aplicadas, Geert Lovink tem um longo histórico no ativismo midiático e ciberativista europeu. Membro fundador da Nettime (1996), é diretor do Institute of Network Cultures, que trabalha com pesquisas e publicações ligadas a arte digital, cultura da imagem e design.

ÂNCORA DO FUTURO é uma coleção de livros criada pela Editora Funilaria em parceria com o BaixaCultura que busca tentar politizar o mal-estar que nos acomete hoje sobre os rumos da internet. “Extinção da Internet” tem tradução de Dafne Melo e prefácio de Leonardo Foletto, editor do BaixaCultura.

 

COMPRE NO SITE DA FUNILARIA

E/OU

BAIXE (373 downloads)

 

Back to top
Disque:

info@baixacultura.org
@baixacultura

Tradução