Notícias do Front Baixacultural (16)

clipping

.

Jesus é a favor da pirataria sem fins lucrativos (Pontes Oníricas, 21/03)

Chapeleiro, figura constante e sempre pertinente da caixa de comentários deste blog, apresenta uma curiosa defesa do download livre à luz do evangelho. Jesus não tem discos no país do Torrent, digamos assim. O que a já universal prática do download tem em comum com o milagre da multiplicação dos pães e peixes executada pelo milenar Jesus? O Chapeleiro tem uma teoria.

.

Caiu na rede é peixe (Carta Capital, 20/03)

Pedro Alexandre Sanches ouve blogueiros, produtores, a APCM e o Google, e escreve esta boa matéria sobre a generosa prática da disponibilização de arquivos musicais na rede. Posicionamentos absurdos, posturas esclarecidas e histórias curiosas — como a de uma obscura gravação caseira de um João Gilberto ainda-não-famoso que caiu recentemente na rede. Os extras e a repercussão da matéria você lê no blog do PAS.

.

50 anos de Playboy disponíveis na rede (Cibermundi, 20/03)

Embora a notícia de que todo o conteúdo da Playboy publicado de 1954 a 2007 possa, digamos, crescer os olhos de algum afobado leitor, a coisa não é tão estimulante assim. Para acessar o histórico volume de, hum, informação, é necessário in$talar uma plataforma da Microsoft chamada Silverlight.

.

Download livre: Nine Inch Nails, Jane’s Addiction e Street Sweeper

NIN/JA 2009 é o nome da turnê conjunta das bandas Nine Inch Nails, Jane’s Addiction (NIN/JA, sacou?) e Street Sweeper — nada mais nada menos que a nova banda de Tom Morello. E como não poderia deixar de ser em se tratando de algo relacionado ao visionário Trent Reznor, é possível baixar gratuitamente uma espécie de amostra grátis [um EP com seis faixas, duas de cada banda] da soma. Assim como rolou com último disco do NIN, a bolacha virtual pode ser adquirida em diversos formatos e variações de qualidade.

.

[Reuben da Cunha Rocha.]

  1. poxa, dois blogs numa tacada só.
    cheguei aqui via blog do pedro alexandre e também conheci o ponte oníricas aí do chapeleiro. valeu, ótimos textos. já linkei lá no meu blog, que é novinho da silva, dois meses só.
    grande abraço a todos

  2. É engraçado como até hoje não foi possível admitir, por parte dos governos mas também -e sobretudo- da população, a necessidade de uma internet livre como ponte para uma sociedade mais democrática.

    É engraçado como a discussão sempre volta para questões como “crime” ou “roubo”, mas nunca para “descentralização” ou “acesso”.

    Mas… viva a existência de blogs como este!!! =)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *