Propagandas antipirataria [3]

Ah, as megacorporações, os blockbusters e os superstars… essas vítimas.  Mais casos de anúncios contra os perigosos piratas.

O primeiro deles vem da Indonésia, da Microsoft de lá. Vi num fórum um pessoal rindo do que está escrito na propaganda, que graças ao Google Tradutor deu pra entender mais ou menos o seguinte: “Não deixe que o software pirata matá-lo lentamente. Software pirata pode danificar seu disco rígido. E pior ainda, eliminar os dados existentes nele. Use o software original para garantir a segurança e confiabilidade”. Então, se a cópia fiel do programa pode acabar com o computador, o programa é ruim.

Depois, de não muito longe da Indonésia, vem a Big Flix, a maior videolocadora da Índia. Com a desculpa de “Não mate os arrasa-quarteirões”, ela nos mostra o Homem-Aranha, o Shrek, e o Wall-E soterrados por DVDs piratas. Até parece que é a Pixar e a Columbia Pictures que estão em declínio. As grandes locadoras não, nem se fala nisso.

E por fim, a melhor. Também da Índia, mas de uma loja de discos, uma campanha que transforma artistas multimilionários em vulneráveis bonecos de Vudú atacados por cursores de mouse. Vai que os mestres do marketing do Kiss tenham um déficit ou que a Lady Gaga deixe de ganhar algum dos seus 62 milhões de dólares por causa do compartilhamento das músicas. E imagina se o 50 cent tiver que cobrar menos por seus shows do que os míseros 200 paus que ele cobrou em São Paulo, ou perder um pouco dos seus 500 milhões de dólares. Pobrezinhos.

Créditos das imagens:
[1]
[2, 3, 4]
[5, 6, 7, 8]
.
 

[Marcelo De Franceschi]

  1. campanhas visualmente bem trabalhadas, diga-se de passagem, mas… chegam a ser engraçadas em suas propostas. A da videolocadora, então, nem se fala!

  2. Bom como todo o bom brasileiro já fiz minha pirataria,mas hoje em dia é loucura fazer e quando eu compro um desktop ou notebook em qualquer loja eu já compro um produto pirata a começar pelo sistema operacional que não tem 1 no Brasil que não seja pirata e outra as peças que todas vem direto da china das próprias empresas que abriram filiais la pela mão de obra barata ou as 3º que fabricam o mesmo produto já que tem a tecnologia esta em seu solo pela metade do preço.

    A própria Policia Federal é Pirata formada por Terceirizados que dificilmente ficam 6 meses na função e tem o mesmo poder que um policial formado nas academias, toda a coisa provisoria no brasil se torna definitiva e assim foi com os terceirizados do atual governador do Rio grande do sul para suprir uma deficiência da PF e se tornou definitiva até a 2 ordem que nunca foi dada, se as nossas fronteiras estão sendo defendidas e controladas por terceirizados como ter a hipocrisia de fazer campanhas contra a pirataria.

    E Digo Mais, pirataria não é fácil 1 caixa de DVD para fazer os DVDs piratas está em torno de R$300,00, Sacos para embalar R$25,00 cada 500 e Papel R$14,00 cada 500 e tinta em torno de R$280,00 e uma impressora descente R$1,500,00 e faz no máximo 5000 copias sem falar nos gravadores, controladora e etc e no final das contas sabe quando sai cada DVD na venda por atacado para ambulantes venderem??? R$1,00 cada e na venda normal R$2,00, ou seja, alem de não render muito o trabalho é muito grande para tamanho incomodo e fora o fato de ser marginalizado e crime.

    O Brasil vai ser um pais de primeiro mundo quando transformamos oque consideramos improprio para arrecadação licita tirando da criminalidade, pirataria,drogas,jogos e prostituição legalizada. Isso controlado podemos virar o feitiço contra o feiticeiro e acabar com o crime organizado; se organizando transformando o proibido em permitido mas controlado e vigiado. Mas até ensinar isso a cada 1 dos brasileiros ae se foi mais 2000 anos…se o povo não sabe nem votar vai saber se organizar pra transformar o mal em bem….poisé acho que não…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *