E-mails alternativos

Normalmente acessamos nosso serviço de e-mail gratuitamente (seja do Google, Microsoft etc.). No entanto, as correspondências eletrônicas são mantidas por servidores e se comunicam através da internet, em operações de infraestrutura gigantescas. Mas se elas não cobram pelo serviço, como pagam todas as despesas? Normalmente este serviço é associado com outros oferecidos por estas grandes empresas e servem como forma de identificar o consumidor.

Usar o e-mail do Google e todos os seus serviços implica o compartilhamento de informações e a invasão da privacidade do usuário. Existem diversos serviços alternativos de e-mail oferecidos por outras empresas ou projetos que descentralizam as informações do usuário e garantem mais privacidade; alguns deles são ProtonMail, Tutanota, Riseup (apenas por convite) e CódigoSur

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *