Cooperativismo de Plataforma

O Cooperativismo de Plataforma é uma proposta de organização onde os trabalhados de aplicativo são donos da própria plataforma em um modelo de cooperativo, para opor-se a exploração e precarização exercidas atualmente pelos grandes grupos de empresas. O Observatório do Cooperativismo de Plataforma, mantido pelo grupo de pesquisa DigiLabour e a Fundação Rosa Luxemburgo, busca expandir o conceito e apresentar alternativas que estão se desenhando para as cooperativas. A CoopCycle é uma federação de cooperativas que disponibiliza um software, o qual pode ser utilizado por quaisquer interessados em iniciar uma cooperativa de entregadores. Para garantir que o negócio não seja cooptado, a licença de utilização do software só é permitida para iniciativas que sigam o modelo cooperativo. Desta forma, buscam garantir que a tecnologia está nas mãos dos próprios entregadores cooperativados, uma decisão que retoma a posse dos dados e das tecnologias utilizadas.

Sobre Cooperativismo de plataforma, vale ver nossa BaixaCharla sobre o tema, a partir do livro de mesmo nome de Trebor Scholz; a entrevista que fizemos com Nathan Schneider, autor do livro “Everything for Everyone: The Radical Tradition that Is Shaping the Next Economy“ e uma das pessoas que mais vem estudando e promovendo a ideia do cooperativismo de plataforma mundo afora; e esse texto de julho de 2020, que fala do breque dos apps e das alternativas ao trabalho digitalizado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *