Por enquanto nada decidido

.

PD*26945087

.

O julgamento do Pirate Bay X Governo Sueco terminou na última sexta-feira, mas o veredito final só vai ser dado no dia 17 de abril – portanto daqui a mais de um mês. Cabe agora ao juiz decidir se o Pirate Bay é culpado pela acusação de facilitar a violação dos direitos autorais por permitir que usuários baixem arquivos “ilegais” através de seu sistema.

Como noticia o Rraul, apesar da vitória do Pirate Bay ser dada como certa, pode haver surpresas. O certo mesmo é que é muito improvável que o site seja desativado, e muito menos ainda que as pessoas deixem de utilizá-lo para este fim.

***

pearbay

A campanha de mobilização pública em favor do Pirate Bay rendeu, dentre muitas coisas, um site – o Filesharer.org. Nele, os visitantes publicam fotos de seus rostos declarando que “não são as pessoas por trás do Pirate Bay que trocam arquivos ilegais na web. Somos nós, milhões de pessoas que usamos o site. Eles estão atrás das pessoas erradas. Nós não vamos desaparecer mesmo que o PB perca a causa, nem a tecnologia que nos permite compartilhar músicas e filmes que nós gostamos vai sumir“. A campanha foi lançada por membros do Partido Vermelho (Rødt) da Noruega.

O Pirate Bay também lançou um manifesto com 100 princípios que explicam a sua forma de pensar. O livro se chama “POwr, Broccoli e Kopimi” e pode ser baixado aqui.

Em tempo: O Rraul, site focado em música e cultura eletrônica, fez uma excelente cobertura do caso, inclusive um resumo de cada dia do julgamento. É só clicar no link mais acima para conferir. É de lá que tirei a primeira foto desse post, aliás.

[Leonardo Foletto.]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *