Junho: potência das ruas e das redes (2014)

Junho: potência das ruas e das redes. Organização: Alana Moraes, Bernardo Gutiérrez, Henrique Parra, Hugo Albuquerque, Jean Tible e Salvador Schavelzon. Friedrich Fertung Stiftung (FEB) Brasil. Clique na imagem pra ver/baixar em PDF.

Trecho: “Foi por muito pouco – aparentemente “apenas” por alguns centavos – que o copo transbordou. O baixo valor objetivo tinha uma enorme, e ignorada, dimensão subjetiva. A névoa de normalidade e estabilidade plena se desfez. A revolta contra o aumento da passagem traduzia naquele momento, em um só golpe, formas elementares de opressões e cerceamentos da vida cotidiana que já não nos dávamos conta: mobilidade, acesso à cidade, a necessidade de ocupar as ruas, de nos afetar com os encontros, de exigirmos uma distribuição radical das terras latifundiárias da política. A explosão veio quando as manifestações metropolitanas, iniciadas em capitais como Natal, Porto Alegre e Goiânia se viram em meio a levantes contra os reajustes tarifários do transporte público e se espalharam para outras cidades como São Paulo e Rio de Janeiro“.

junho potencia

 

 

  • Outros Contatos

    Disque info@baixacultura.org , @baixacultura ou BaixaCultura para contatar, colaborar, sugerir pautas, reclamar, declarar o seu amor ou mandar vírus.